Artilharia de Costa

  • 96 Respostas
  • 33296 Visualizações
*

luigi

  • 7
  • +0/-0
Artilharia de Costa
« em: Abril 09, 2008, 01:46:54 pm »
Boa tarde,

venho pedir ajuda a vós para tentar identificar /documentar do que existiu até recentemente no rio Sado, de baterias de costa.
sendo de setubal, conheço 2 instalações ( desactivadas) que pertenceram ao exército,
Uma é a bateria de albarquel que possui canhoes montados no séc xx ( ainda são visiveis os canhoes no google maps em  38°30'42.82"N   8°54'48.28"O ) , só que não sei qual o nome do grupo militar que a ocupou, os tipos de canhões. Uma vez entrei lá, e verifiquei a existencia de tuneis que ligam estes 3 canhoes, bem como camaratas, e outras dependencias, tudo debaixo de terra, não me aventurei muito, mas contatei que a rede de tuneis posuia varios pisos

A outra é a 7ª bateria do outão ( 38°29'24.11"N   8°56'15.98"O ), é bem maior e possui muitos edificios/campo de treinos e possui tambem 3 canhoes maiores, de resto não sei mais nada.
quem me puder ajudar agradecia.
Luigi
 

*

Upham

  • Perito
  • **
  • 516
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Abril 09, 2008, 05:01:52 pm »
Boa tarde!

Fonte da Telha, 6ª Bateria do RAC, 3 peças de calibre 234 m/m, montadas em torres blindadas fixas, com casamatas e paióis subterraneos (com os tai tuneis), tal como na 1ª Bateria, sita em Alcabideche.

Outão, 7ª Bateria do RAC, 3 peças de 147 m/m (se bem me lembro), neste caso (apesar de nunca ter visitado pessoalmente esta instalação) suponho que a montagem das peças fosse igual ás da  4ª Bateria, na Parede, com as torres blindadas abertas na parte traseira.

Todas as peças eram de origem Alemã. (Krupp)

Cumprimentos
"Nos confins da Ibéria, vive um povo que não se governa, nem se deixa governar."

Frase atribuida a Caio Julio César.
 

(sem assunto)
« Responder #2 em: Abril 09, 2008, 06:21:24 pm »
Citar
na 1ª Bateria, sita em Alcabideche.


Quem pretender ainda pode visitar estas 3 peças, embora já com bastante ferrugem, e agora melhor que nunca porque há pouco mais de um mês deram início à construção do novo hospital de Cascais, justamente no lugar destas peças.
Elas ainda lá estão e completamente devassadas já que o pessoal das obras do hospital não se interessa.

Cumprimentos,
 

*

Akagi

  • 65
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Abril 10, 2008, 05:56:34 pm »
Boa tarde

Pertenci a Arma de Transmissões, e estive adido entre Maio/72 a Abril/73, ao RAC, e colocado no Quartel de Brancanes (ficava situado no morro em frente as bombas que na altura pertenciam a Shell, na EN10 a entrada de Seubal), onde estavam aquarteladas as guarnições das duas baterias a Artilharia de Costa, a 5ª Bateria  (Albarquel), e da 7ª Bateria do Outão.

Ambas as baterias, tinham por debaixo do chão casamatas onde havia camaratas, cozinha, paiois de munições, instalações de transmissões e cripo, sala de comando e controlo de tiro.  Todas estas instalações estavam interligadas por uma rede de tuneis, feitos em cimento armado com uma espessura consideravel

As peças da 7ª Bateria sofreram uma modernização no inicio dos anos 70, e passaram a efectuar tiro orientado por radares de tiro moveis que eram montados quando dos exercicios, que tinham sido  adqueridos, salvo erro a GB.

Bem, quando disparavam as três peças em simultânio (fogo de bateria), era cá um estrodo, e a serra da Arrabida (num raio mais de um km)termia como fosse quase um tremor de terra.

Faziam fogo real pelo menos  duas vezes por ano.
 

*

luigi

  • 7
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Abril 11, 2008, 11:24:46 pm »
boas e obrigado pela contribuição.
entretanto um amigo meu deu-me mais umas informações.
Akagi, dizes que albarquel era a 5ª , mas o meu amigo diz que é a 8ª.
Ele referiu-me que o regimento de artilharia de costa era composto por nove baterias: 1º alcabideche, 2ª parede, 3ª lage, 4ª Bom sucesso, 5ªRaposeira, 6ª Raposa ( fonte da telha?  ), 7ª Outão , 8ª albarquel e 9ª o Comando em Oeiras.
ele ficou de me arranjar o brasão de armas e mais alguma informação, creio que de um anuário do RAC.
O que ele disse foi que na década de 40, o Grupo Independente de Artilharia de Costa ( Setúbal ) é integrado no RAC de Oeiras.
Em relação á peças, Outão possuia 3 de 15,2 e Albarquel 3 de 15.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6393
  • Recebeu: 114 vez(es)
  • Enviou: 102 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Abril 11, 2008, 11:55:46 pm »
Citação de: "luigi"
ele ficou de me arranjar o brasão de armas



Citar
Regimento de Artilharia de Costa
 
Armas

Escudo burelado ondado, de verde e de prata, chefe de ouro, com uma muralha apoiada em três torres abertas do campo, tudo de negro.

- Elmo militar de prata, forrado de vermelho, a três quartos para a dextra.

- Correia de vermelho perfilada de ouro.

- Paquife e virol de verde e de prata.

- Timbre: uma garra de leão de negro, armado de vermelho, segurando uma granada de ouro, acesa de vermelho.

- Divisa: num listel de prata, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de negro, maiúsculas, de estilo elzevir "MOSTRANDO A RVDA FORÇA QVE SE ESTIMA".

Simbologia e Alusão das Peças

- O Burelado Ondado simboliza o mar oceano.

- A Muralha simboliza um recinto fortificado e alude à defesa da costa.

- A Garra de Leão simboliza o Exército.

- A Granada simboliza a Arma de Artilharia.

- As Labaredas da chama aludem às nove Batarias do Regimento.

Os Esmaltes Significam

- O OURO: nobreza e constância.

- A PRATA: riqueza e eloquência.

- O VERDE: esperança e liberdade.

- O NEGRO: firmeza e modéstia.

- O VERMELHO: ardor bélico e força.


 :arrow: www.exercito.pt
 

*

LM

  • Perito
  • **
  • 405
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Abril 12, 2008, 11:50:24 am »
Citar
na 1ª Bateria, sita em Alcabideche.


Vou fazer uma pergunta talvez "básica": esta bateria tem linha de visão ao mar...? Ou tal não é necessário?

Já agora, as peças que equipavam as várias baterias eram de quando? todas Krupp? Próprias para baterias de costa?
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

(sem assunto)
« Responder #7 em: Abril 12, 2008, 07:22:37 pm »
LM escreveu:

Citar
Vou fazer uma pergunta talvez "básica": esta bateria tem linha de visão ao mar...? Ou tal não é necessário?

Em Alcabideche, junto à boca de qualquer uma das três peças não se vê o mar.

Contudo, disseram-me e isto vale o que vale, que o apontador e o comando de fogo estavam situados a mais ou menos um quilómetro, no topo de um pequeno morro entre a entrada para a A5 e a povoação de Carrascal de Alvide ( agora está bastante habitada mas há alguns anos era apenas uns matos ). Daí vê-se toda a costa, do Guincho até ao forte de S. Julião da Barra.
 
Este edíficio ainda lá está e intacto.

Disseram-me, também, que este edíficio era duplicado por um outro, que realizava as mesmas funções, se eventualmente este fosse destruido, situado e agora isolado no anel sul de acesso à A5, entre a Abuxarda e Alcabideche, junto à Auto Pneus de Cascais. No meio das árvores e vegetação e já parcialmente destruido pela construção do acesso à auto-estrada está esta construção militar. Se assim era, estava muito bem protegido de aitilharia que pudesse vir do lado do mar, já que o próprio morro o protege.


Citar
Próprias para baterias de costa?


Estas informações que me foram dadas por pessoas idosas de Alcabideche, uns que colaboraram na construção do " forte " e outros que lá prestaram inicialmente serviço, estas peças vieram para Portugal após a II guerra, como parte do pagamento de fornecimentos que Portugal fez aos ingleses (?) durante o conflito, num lote que incluia muito equipamento militar, inclusivé navios e aviões. ???  

Ainda segundo eles, eram peças de artilharia naval destinadas aos couraçados que estavam em construção ou que foram desactivados e que aproveitamos para artilharia de costa.


Cumprimentos,
 

*

Akagi

  • 65
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Abril 14, 2008, 01:36:13 pm »
As peças instaladas na 7ª Bateria (Outão) eram iglesas, salvo erro foram construidas pela Vickers

No tempo em que estive em Setubal o escalonamento das baterias era a seguinte:

5ª Bateria (Albarquel - Peças ligeiras de 2ª linha - Alcance perto dos 20km))

6ª Bateria (Brancanes -Não tinha peças era somente o aquartelamento das guarnições das outras duas)
Hoje estas instalções são uma prisão

7ª Bateria (Outão/Serra da Arrabida - Peças pesadas com alcance na ordem dos 35km)

O Brazão de Armas destas baterias era um navio de guerra a ser apanhado pelos tentaculos de um polvo.
 

*

komet

  • Investigador
  • *****
  • 1678
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Abril 14, 2008, 02:49:24 pm »
Há fotografias destas peças no antes e depois? Cumps
"History is always written by who wins the war..."
 

*

luigi

  • 7
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Abril 14, 2008, 07:04:06 pm »
Boas , aqui vai uma foto das peças no Outão, que tirei ontem.
http://commons.wikimedia.org/wiki/Image ... A3o_01.JPG
 

*

komet

  • Investigador
  • *****
  • 1678
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #11 em: Abril 14, 2008, 10:13:12 pm »
Citação de: "luigi"
Boas , aqui vai uma foto das peças no Outão, que tirei ontem.
http://commons.wikimedia.org/wiki/Image ... A3o_01.JPG


Deveras interessante, obrigado luigi.

Parecem-me ser um excelente alvo para a aviação inimiga  :)  Ainda para mais bem juntinhos e sem um bunker de betão armado por cima...
"History is always written by who wins the war..."
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3791
  • Recebeu: 130 vez(es)
  • Enviou: 186 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Abril 15, 2008, 10:02:42 am »
opinião pessoal, acho que apesar de estarem juntas o que é uma vantagem táctica, pois assim é mais facil carrega-las, mas por outro lado é uma desvantagem pois facilmente podiam ser destruidas, mas caso ainda tivesse-mos a artilharia de costa acredito que essas baterias iam possuir sistemas de defesa anti aérea.

meio offtopic espanha ainda possuí artilharia de costa:

REGIMIENTO DE  ARTILLERÍA DE  COSTA  Nº4

http://www.ejercito.mde.es/organizacion/racta4/l1.htm
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

LM

  • Perito
  • **
  • 405
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Abril 15, 2008, 10:55:38 am »
Obrigado a todos pelas informações - sabia, obviamente, da existência do RAC e de "algo" em Alcabideche mas confesso que não tinha ideia de ter havido tanto e ainda haver tantos vestígios! A 10 minutos de casa! Pena talvez não se conservar pelo menos 1 bateria, a norte e a sul ,como local "museológico".
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

jjoao2k

  • 3
  • +0/-0
    • http://imagensfixas.blogs.sapo.pt
(sem assunto)
« Responder #14 em: Abril 21, 2008, 01:22:28 am »
Citação de: "luigi"
Boas , aqui vai uma foto das peças no Outão, que tirei ontem.
http://commons.wikimedia.org/wiki/Image ... A3o_01.JPG


Alguma nostalgia ao ler este topico e ver a imagem actual das baterias.
Está fazer agora quase 22 anos que por lá "passei", coloquei aqui http://imagensfixas.blogs.sapo.pt/1406.html imagens destas mesmas baterias, mas em 1986 e em exercicio de tiro real, espero que gostem de ver.
 :)
José João
 

 

Radares e alvos aéreos de Artilharia Anti-Aérea

Iniciado por bjffQuadro Tecnologia Militar

Respostas: 2
Visualizações: 2375
Última mensagem Junho 01, 2008, 03:59:14 am
por LuisC
Soldado morre no quartel do Regimento de Artilharia 5

Iniciado por MarauderQuadro Exércitos/Sistemas de Armas

Respostas: 25
Visualizações: 7241
Última mensagem Junho 04, 2008, 04:29:57 pm
por major-alvega
Artilharia do exercito portugues na guerra colonial?

Iniciado por AsaQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 2
Visualizações: 2033
Última mensagem Junho 07, 2007, 02:56:06 pm
por Duarte
Identificação de peça / obus de artilharia?

Iniciado por RicardoQuadro Exércitos/Sistemas de Armas

Respostas: 4
Visualizações: 898
Última mensagem Novembro 07, 2010, 07:49:34 pm
por Ricardo
Artilharia Antiaerea portuguesa?

Iniciado por AsaQuadro Exércitos/Sistemas de Armas

Respostas: 11
Visualizações: 7617
Última mensagem Maio 15, 2008, 11:04:11 am
por Ricardo